sábado, 17 de junho de 2017

POLÍTICA E INVESTIMENTOS: Porque seu dinheiro pode derreter nas próximas semanas...


Salve confrades da blogosfera de finanças,

Após um longo período de desânimo com as postagens, resolvi voltar e compartilhar os altos e baixos de minha jornada rumo a esta imagem de sonho que formamos em nossas mentes e chamamos de independência financeira (vulga “IF”).

Confesso que desanimei das postagens após a avalanche de haters que começou a tirar blogueiros do anonimato, acreditando simplesmente que ia prejudicá-los de alguma forma. Outra razão que me deixou meio desanimado em manter postagens nos últimos tempos foi a situação de nossa república de bananas chamada Brasil: me questionei muito se ainda valeria à pena insistir com investimentos em um país comandado por bandidos ex-guerrilheiros e comunistas seguidores cegos de uma ideologia que já se mostrou desastrosa em todos os países onde foi de alguma forma implementada: o socialismo/comunismo, que no Brasil é buscado incessantemente e muitas vezes inconscientemente pela maioria dos partidos envolvidos no jogo político-criminoso que nos empurra cada vez mais para a beira do precipício, tudo isso com a cooperação irrestrita da “Rede Globo de imbecilização” ou alienação.

Pois bem, após muita reflexão, sempre com um fio de esperança de que o país poderia sair do buraco político-econômico que se enfiou, resolvi encarar esta realidade desastrosa de frente e pelo menos tentar mostrar, através desse blog, que é possível investir em meio a essa tempestade, desde que façamos a nossa parte de buscar pressionar e mudar a situação política do país para que as próximas gerações possam viver com alguma dignidade.

Então, volto de cabeça erguida com meu blog, e buscando pelo menos alertar aos desavisados sobre o que está acontecendo com nosso querido Brasil: após décadas de doutrinação e dominação cultural, tudo baseado nas idéias de um vagabundo comunista chamado Gramsci, estamos nas mãos de crápulas-político-bandidos representados por praticamente todos os partidos que controlam o Executivo e Legislativo (e indiretamente o Judiciário, nomeando juízes e procuradores “amigos” e simpáticos aos seus ideais).  

Em meio a este cenário, o desafio de aportar e investir torna-se muito mais difícil e para os desinformados até impossível fazê-lo sem incorrer em riscos que podem tirá-los do jogo definitivamente.

Após quase um ano do impeachment da “guerrilheira vagabunda”, dezenas de delações mostrando a podridão de nosso sistema político e conluio com empresários amigos, além de uma tonelada de provas mostrando que o MOLUSCO concebeu e coordenou todo o esquema, nada aconteceu. O “nove dedos” continua solto e arquitetando sua volta, enquanto o maior açougueiro-empresário-bandido da história do Brasil (o Sr.“Friboi”) serve de marionete para o PGR pró-PT, que junto ao ministro comunista do STF (indicado pela guerrilheira, diga-se de passagem) tenta derrubar o vice da vagabunda para tentar gerar um ambiente de antecipação de eleições diretas, de forma a salvar o “nove dedos” do xilindró, promovendo o retorno retumbante do pai dos pobres, quem o povo humilde até hoje acredita que melhorou suas vidas, quando por pura sorte o Brasil surfava a onda de alta das commodities.

Se tudo isso que eu falei é estranho para você, sugiro urgentemente que vá estudar sobre o que está acontecendo no nosso país, para seu bem, de sua família e de seus investimentos.

Falando de investimentos, como investir em um país onde um açougueiro-bandido grava o Presidente da República e a Procuradoria vaza tudo para o “Jornal da Vergonha Nacional” pegando todos os investidores de calças curtas, gerando circuit breakers, perda de toda a rentabilidade acumulada no ano, e tudo vira pizza no final? O cara ainda faz o acordo mais camarada para um bandido de que se tem notícia até hoje e vai curtir seus bilhões no luxo de Nova Iorque.

Ainda acredito que existem empresas honestas e bem geridas no Brasil, mas agora tudo pode acontecer. Vem aí a delação do Palocci, e já se diz que vai entregar alguns grandes bancos, além de poder entregar outras grandes empresas.  

Será que ainda temos grupos empresariais no Brasil que não se sujeitam a “esquemas” com o governo? Será que a busca do socialismo já avançou ao ponto de não termos mais empresas que crescem por mérito próprio, por boa gestão? Somente os “amigos” do governo socialista?

Ainda tenho algumas empresas em minha carteira, as quais acredito terem boa gestão e não precisarem se sujeitar a este esquema imundo, mas estou aguardando os próximos acontecimentos, as próximas delações, para ver se realmente ainda dá para investir de forma segura no Brasil. Caso não seja, vou procurar meios de investir fora do Brasil.

Mas não desistirei do nosso país. Vou lutar, participar de manifestações, me filiar a um partido de direita quem sabe? Pois precisamos salvar nosso país, caso contrário tudo isso que pregamos na blogosfera, de independência financeira, da busca por um futuro melhor, tudo isso corre um grande risco de acabar.

Amigos, sei que tudo isso soa meio depressivo e catastrófico, mas daqui até as eleições de 2018 tudo pode acontecer. E isso pode afetar os nossos investimentos de uma maneira definitiva.  Então, não vou falar para ninguém o que fazer. Cada um sabe onde aperta o seu calo. No meu caso, pretendo me engajar mais na discussão política, ajudar as pessoas à minha volta a entender o que está acontecendo, ajudá-las a ter mais condições de escolher um candidato em 2018. Ajudar pessoas mais simples e menos instruídas a entender como foram enganadas até hoje, principalmente pelo “pai dos pobres” que gosta de triplex, voar de jatinho e tem filho bilionário.  Acredito que, se cada um fizer um pouquinho, podemos diminuir as chances de um desastre no futuro próximo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário