terça-feira, 19 de junho de 2018

Cansei de gastar tempo analisando e comprando ações: vou investir em ETFs

Fala galera,

Espero que estejam todos bem.

Essa semana, assistindo a uma entrevista com um gestor profissional de fundos de investimento, algo me chamou a atenção: mesmo entre gestores profissionais, muitos não batem o índice Ibovespa.

Você já imaginou colocar seu dinheiro em um fundo de ações, por exemplo, com um gestor experiente, que tem toda uma equipe de análise por trás, e após alguns anos estar perdendo para o índice Ibovespa?

Geralmente esses fundos cobram em torno de 2% de taxa de administração ao ano, justamente para remunerar esse profissionais do mais alto gabarito, e ainda 20% de todo o lucro que exceder o índice Ibovespa. Então espera-se que eles sejam capazes de dar um resultado diferenciado.

Mas o que esse gestor queria dizer na entrevista era o seguinte: se mesmo alguns profissionais não conseguem bater o índice, por que você, um investidor amador, seria capaz de batê-lo?

E isso me fez refletir o tanto de ações que comprei e vendi nos últimos anos. Realmente não foi pouco. Mas o que realmente importa é o tempo que gastei estudando as empresas, buscando informações relevantes, ou estudando livros de Finanças. Foram muitas e muitas horas empenhadas.

Ao final, esse gestor recomenda que investidores pessoa física, ou amadores, como a maioria aqui, invistam em ações através de ETFs, que são fundos negociados em Bolsa que replicam o desempenho de um índice. Você só tem que saber o tamanho do seu portfólio que será alocado em Bolsa brasileira por exemplo, e comprar o equivalente no ETF adequado e pronto.

Não precisa gastar horas e horas entrando em sites de RI das empresas, buscar informações, analisar. Só precisa saber, de forma geral, se é um bom negócio investir em ações no Brasil em um determinado momento.

Para ser mais específico, segue a definição do site da BMF/Bovespa:

"O ETF de Ações, também conhecido como Exchange Traded Fund (ETF), é fundo negociado em Bolsa que representa uma comunhão de recursos destinados à aplicação em uma carteira de ações que busca retornos que correspondam, de forma geral, à performance, antes de taxas e despesas, de um índice de referência. Como índice de referência do ETF de Ações admite-se qualquer índice de ações reconhecido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)."



Dei uma pesquisada no ETF negociado com o código BOVA11, que replica o índice Ibovespa. Ou seja, comprando BOVA11 você estará comprando indiretamente todas as ações que compõem o índice Ibovespa, pagando pouco mais de 0,5% em taxas.

E os dividendos eventualmente pagos por qualquer uma das empresas são automaticamente reinvestidos no fundo.

Nunca parei para calcular a rentabilidade de minha carteira de ações versus o índice Ibovespa, mas acredito que a rentabilidade deve estar muito próxima, pois nos últimos dois anos praticamente tudo subiu muito na Bolsa.

Acredito que tudo na vida é estudo e prática, para ficar bom em algo. Então, estudando bastante e aprendendo com os erros é possível gerir sua própria carteira de ações de forma ativa e obter um bom resultado.

Mas a minha duvida é em relação ao tempo gasto: vale à pena todo o esforço da gestão ativa? Será que é possível bater o índice de forma consistente e com uma boa margem de lucro?

Senão, acho que valeria mais à pena mesmo investir em BOVA11, para a parcela do capital destinada a Bolsa local. Ou algum outro ETF ou uma composição deles.

Lembrando que há outros tipos de ETFs disponíveis, que simulam carteiras de dividendos, outros que seguem o S&P 500 (índice de ações americano), entre outros.

Segue link para lista de ETFs disponíveis: http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/listados-a-vista-e-derivativos/renda-variavel/etf/renda-variavel/etfs-listados/

E você? O que acha? Ainda vale à pena fazer a gestão ativa de sua própria carteira de ações?

Abraços



20 comentários:

  1. Olá SF,

    O problema que o BOVA11 há muitas empresas ruins nele. E já vi estudos que no longo prazo uma carteira de boas empresas batem esse ETF. No meu caso que quero viver de dividendos, ETF não compensa, pois não quero ficar vendendo ativos. Também não entro na bolsa para bater índice ou outra coisa parecida.

    Agora se você acha que compensa investir, siga sua estrategia.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro CI , talvez uma composição de ETFs com algumas poucas ações ótimas gere um bom resultado. Só quero achar um jeito mais simples de ter um bom rendimento em RV sem ter que gastar tanto tempo e taxas para rebskancear carteira e acompanhar resultados das empresas. Abraço

      Excluir
    2. Todo estudos são americanos de investimento passivo relevantes são no mercado americano.

      Não tente replicar estratégia passiva com Ibovespa, porque tu vai perder dinheiro.

      Gestores perdem do ibovespa porque eles tem uma coisa chamada liquidez e volume de recursos jogando contra.


      Gerar alpha em com um patrimônio de 1 milhão é mais fácil que gerar alpha com patrimônio de 1 bilhão.

      A grandes oportunidades estão com os pequenos investidores.

      Leia o livro do peter lynch.

      E para não falar que estou falando pelos cotovelos, no últimos 3 ano e meio estou com 2 vezes e meia o ibovespa.

      Isso mesmo, surrei o Ibovespa em duas vezes e meia, para me alcançar Ibovespa precisa dobrar de valor.

      E como fiz isso? Comprando boas empresas a preços interessantes.


      Excluir
  2. Fala Samurai!

    Fiz um estudo com compras mensais dos ETFs BOVA e PIBB. https://www.investidoringles.com/2018/05/estudo-de-caso-pibb11-bova11-abev3-renda-fixa.html

    Também penso em simplificar a gestão da carteira. Talvez mesclar com ETFs e ações pagadoras de gordos dividendos. Estou bem propenso a partir para esse lado.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima ideia é está bem em linha com o que penso. Ter algumas empresas excelentes ao lado de um ou mais ETFs. Não sou contra a gestão atividades da carteira, estou pensando mais na quantidade de horas gastas para isso, onde poderia estar fazendo outra coisa, como praticar um esporte por exemplo. Abraço

      Excluir
    2. Vai continuar perdendo tempo com análise indo nessa de "ações pagadoras de gordos dividendos".

      Quem garante que ano que vem vai continuar pagando gordos dividendos?

      OIBR era pagadora de gordos dividendos. Olha como está hoje...

      Esse negócio de dividendo só serve pra "véinho" que já tá sentado na grana e não tem o que fazer... :-P

      Excluir
  3. Não sei se vc já lei o livro do Tony Robbins chamado "Money Master The Game", lá ele trás números alarmantes de como é impossível bater o mercado e como se perde dinheiro tentando fazer isso. Ele basicamente diz que vc não deve tentar bater o mercado e sim "fluir" com ele (tipo não tentar nadar contra a maré)... independentemente da filosofia os números que ele apresenta nesse capítulo em particular chamam a atenção e mostram que as probabilidades de bater o mercado de forma consistente e que gere ganhos representativos é quase nula.

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela dica Sr.IF365. Vou procurar esse livro. Realmente estou começando a creditar, pelos meus resultados em RV, que é muito difícil ter ganhos acima da média.

      Excluir
  4. Tambem penso nisso. Há algum tempo comparei minha carteira com ETF e perdi. Detalhes no post: https://querovirarvagabundo.blogspot.com/2018/03/de-calcas-arriadas-minhas-acoes.html
    Mas o consenso geral é que ações bem escolhidas batem ETF no Brasil, pelo fato destes terem falhas em sua composição. Veja: http://ministrodoinvestimento.blogspot.com/2018/03/fundos-de-indice-etf-x-acoes-individuais.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela dica. Vou ler o post do ministro do investimento. Realmente, a composição dos ETFs não parece ser muito inteligente, mas o problema é que nos últimos anos não tem sido tão fácil escolher boas ações, pois mesmo com a melhor das análises podem ocorrer surpresas. Exemplo: eu tinha hypermarcas, considerada uma empresa TOP pela grande maioria do mercado, e perdi 30% depois que descobriram que a empresa estava metida em fraudes.

      Excluir
  5. No longo prazo o Bovespa não bate o CDI. Se a tua ideia é não se preocupar com análises eu vejo duas opções: a) seguir uma carteira recomendada. b) investir via fundo de ações. ETF, no Brasil, acho que não é uma opção. Nos EUA o juros são bem baixos, estão, gera essa distorção. Nem tudo que vale lá vale aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boas dicas. Ainda estou pensando, mas no momento ainda tenho um valor bom em algumas ações de empresas teoricamente boas. Mas está valendo a discussão sobre o tema. Estou aprendendo bastante com a opinião dos colegas aqui.
      Abraço

      Excluir
  6. Acho ETF perda de eficiência... ETF não vai subir se as ações em geral não estiverem subindo também. O problema deve ser que sua análise gráfica (se faz) não esta baseada em gráficos de longo prazo. Eu te sugiro analisar um gráfico com barras de 2 semanas e uma média exponencia de 34 barras. Basta isto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, obrigado pelas dicas, mas confesso que estou bem "enferrujado" na análise técnica, visto que não uso há muitos anos. Minha estratégia tem sido análise fundamentalista mesmo.
      Abraço

      Excluir
  7. No fim das contas - desde o analista gráfico "hardcore" até o fundamentalista viciado em ler release - todo mundo vai sossegar e cair na real que bolsa não é jogo e não existe o que vencer.

    IBOV não serve pra nada! Pra que ficar comparando a carteira com IBOV, sendo que ali tem tanta empresa que você jamais cogitaria encarteirar?

    No fim das contas todo mundo cai na real que a bolsa é só um instrumento de remuneração do capital e nada mais. Não tem jogo, não tem emoção, não tem nada. Só acumular patrimônio.

    Meus quesitos pra investir são bem simples:
    - Governança que respeita todos os acionistas (o que engloba ON com liquidez, atendimento bom e rápido do RI e clareza nos releases e nas ações tomadas pela gestão, etc.);
    - Lucros consistentes;
    - Boa geração de caixa;
    - Busca constante por corte de custos e aumento de produtividade;
    - EBITDA constante (quando comparado aos concorrentes).

    Essa análise dá pra fazer em 10 minutos pra cada empresa e tem validade de um ano. Depois de um ano lê o release anual e compara com o anterior.

    Eu não gosto de ETF no BR porque:
    - Administração cara;
    - Diversificação não me agrada;
    - Todo ETF tem alguma tranqueira que eu não compraria;
    - Não tem isenção de 20 mil mensais pra vendas como nas ações;
    - Não tem liberdade para reaplicar os dividendos.

    Se for pra fracassar, prefiro que seja sozinho, por minha conta. Não preciso pagar um administrador pra fracassar com meu dinheiro... :-P

    Minha estratégia é de longo prazo e visa principalmente a tranquilidade. Talvez não seja compatível com a sua estratégia, mas essas são minhas opiniões.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wannabe, bons pontos colocados sobre as desvantagens de ETFs. Há de se pensar. Ainda não decidi se invisto em ETFs ou não. O título do post foi mais para provocar uma discussão mesmo, que está sendo bem enriquecedora por sinal.
      Concordo com todos os seus critérios para escolha de boas empresas, mas o problema é que não evita de se escolher uma empresa aparentemente boa e que se mostra envolvida em algum escândalo ou algo ilícito lá na frente. Aconteceu comigo com Hypermarcas (HYPE3) esse ano, e tomei um tombo de 30%. E sempre foi considerada uma "top pick" por todos os indicadores fundamentalistas. Infelizmente o Brasil não é um país sério, e muitas empresas boas podem trazer surpresas desagradáveis em algum momento, o que faz o resultado das melhores carteiras convergirem para a média do mercado.
      Abraço

      Excluir
  8. segundo o bastter:

    "ETF = pagar caro para ter um monte de açoes de empresas ruins

    claro q bate o IBOV pq o IBOV tem empresas piores ainda

    entao bater o IBOV la quer dizer alguma coisa

    quer dizer q se eu for correr os 100 metros rasos nas olimpiadas e alguem ganhar de mim ele é um bom corredor?"

    https://bastter.com/mercado/grupos/forum.aspx?g=224&t=717834

    abs!

    ResponderExcluir
  9. Halo, sou Helena Julio, do Equador, quero falar bem sobre o senhor Benjamin sobre esse assunto. me dá apoio financeiro quando todos os bancos da minha cidade recusaram meu pedido de concessão de um empréstimo de 500.000,00 USD, eu tentei tudo o que pude para obter um empréstimo de meus bancos aqui no Equador, mas todos eles me recusaram porque meu crédito era baixo, mas Com graça de Deus, conheci o Sr. Benjamin, por isso decidi tentar solicitar o empréstimo. com a vontade de Deus, eles me concedem um empréstimo de 500.000,00 USD o pedido de empréstimo que meus bancos aqui no Equador me recusaram, foi realmente incrível fazer negócios com eles e meus negócios estão indo bem agora. E-mail / WhatsApp Entre em contato se desejar aplicar um empréstimo a eles. Lfdsloans@outlook.comWhatsApp Contact: + 1-989-394-3740.

    ResponderExcluir