domingo, 7 de outubro de 2018

Ficou caro especular com as eleições: preço das opções nas alturas e o erro de girar patromônio

Fala pessoal,

Tudo indica que o mercado financeiro comprou finalmente a idéia que o Bolsonaro pode levar a fatura. E o mais incrível é que essa semana muita gente começou a acreditar que leva no 1o turno.

Após algumas semanas com resultados de pesquisas no mínimo estranhos, o capitão começou a se distanciar do "fantoche do presidiário" de tal maneira que ficou no mínimo suspeito tudo o que havia sido divulgado antes. Pelo menos para mim.

Já escrevi em alguns posts anteriores, como eu estava aproveitando a volatilidade do período eleitoral para tentar ganhar dinheiro com trade de opções (opções de compra ou venda de ações, principalmente PETRO e VALE). Quando as opções estavam a preços atrativos, ou em condições mais normais de mercado, consegui fazer um bom dinheiro.

Como exemplo aqui, vou usar opções de PETR4. Agora que o mercado vê as chances do Bolsonaro muito maiores, opções de compra de PETR4 ficaram bem caras em relação ao custo de épocas normais. Isso significa que o mercado está bastante otimista com uma forte subida da cotação das ações de Petrobrás na próxima semana. Então, acho que todos os players do mercado estão com um viés bem otimista para a vitória do Bolsonaro em 1o turno, ou com uma forte convicção que leva no 2o turno.

Agora falando de minha carteira de investimentos no geral. Estou com muito capital empatado em um negócio com um imóvel, onde entrei para tirar 20% de lucro líquido. Já havia fechado a venda faz tempo, e recebi 40% de sinal. Mas o comprador me enrolou para pagar o resto. Inclusive tive que  aceitar um carro como parte do pagamento, para não ter que esperar ainda mais. Agora vai demorar para esse pagamento virar dinheiro.

Meu plano era estar com o valor do imóvel na conta, antes do 1o turno, para reaplicar e pegar um eventual movimento de subida na Bolsa. Parece que vou perder um bom lucro adicional, por causa de um comprador em quem confiei e que não honrou o compromisso firmado inicialmente. Agora paciência. Se Bolsonaro levar a fatura, estimo que vou deixar de ganhar fácil uns R$40.000,00, devido ao capital empatado.

Aprendi de uma forma bem amarga uma das principais lições do Bastter: nunca gire patrimônio. Nesse caso girei um valor muito alto, tirando de aplicações na Bolsa, para ganhar em um negócio pontual. E deixarei de ganhar muito em outro lado. Sem falar das taxas e impostos envolvidos. Se tivesse deixado meu dinheiro quietinho em ações era só esperar a valorização.

Então fica o aprendizado.

Abraços






























Nenhum comentário:

Postar um comentário